O último rinoceronte branco vive como rei no Quênia

O último rinoceronte branco vive como rei no Quênia


Esta é uma postagem daquelas que, enquanto escrevo, fico sem saber se choro ou se me alegro. Isso porque:

Ao falar de "último rinoceronte branco", penso em extinção e me entristeço com tal;

Ao falar que o rinoceronte vive como rei, me alegro pensando que o último rinoceronte branco está pelo menos agora sendo bem tratado.


O último rinoceronte branco vive como rei no Quênia
Foto: Reprodução twitter OI Pejeta
Mas, a história apesar de curiosa, é também triste. De fato, o último rinoceronte branco macho - o Sudão, como foi carinhosamente chamado - conseguiu sobreviver às constantes perseguições de caçadores.

Hoje, além do rinoceronte branco Sudão, existe mais quatro fêmeas. Duas destas moram com o Sudão em um país africano - o Quênia - especialmente numa área de conservação chamada Ol Pejeta Conservancy. Quanto às demais fêmas, uma vive no zoológico de San Diego e a outra naRepública Checa, no Králové Zoo Dvůr.

O rinoceronte branco, que tem 42 anos de idade, vive cercado por homens altamente armados e treinados para impedir que caçadores ataquem o animal.

Os protetores do rinoceronte branco usam óculos de visão noturna, GPS e cães, isso porque Sudão é monitorado 24h por dia.

Segundo o site olpejetaconservancy, tem-se procurado a reprodução do rinoceronte branco, no entanto, a idade de Sudão é um dos limitadores do sucesso na procriação em cativeiro.

Você poderá gostar de ler:
Características da zebra: galopar entre os carros e desobedecer a sinalização local

Hipopótamo - Filhote Pigmeu Macho

Partilhar no Google Plus

Sobre Ciência de Arte

Se você procura arte, ciência, música, humor, dicas, economia, finanças e muito mais, você está no lugar certo! Divirta-se e atualize-se com Ciência de Arte.